W3Schools

SURTO OLÍMPICO














SO













ILHAS VIRGENS AMERICANAS


UNITED STATES VIRGIN ISLANDS


アメリカ領バージン諸島




  • Total de participações: 12


  • Estreia: Cidade do México 1968


  • Sede: 0




  • Foto: Stonyan Nenov/Reuteres




  • Autor: Regys Silva


  • Revisão: Lucas Bueno


  • Edição: Patryck Leal


Estreia em Olimpíadas


Campanha
Histórica (127º)


Resultado no Rio 2016


Recorde (Seul 1988)




  • Ouro: 0


  • Prata: 0


  • Bronze: 0


  • Total: 0




  • Ouro: 0


  • Prata: 1


  • Bronze: 0


  • Total: 1




  • Ouro: 0


  • Prata: 0


  • Bronze: 0


  • Total: 0




  • Ouro: 0


  • Prata: 1


  • Bronze: 0


  • Total: 1


Estreia em Olimpíadas




  • Ouro: 0


  • Prata: 0


  • Bronze: 0


  • Total: 0


Campanha
Histórica (127º)




  • Ouro: 0


  • Prata: 1


  • Bronze: 0


  • Total: 0


Resultado no Rio 2016




  • Ouro: 0


  • Prata: 0


  • Bronze: 0


  • Total: 0


Recorde (Seul 1988)




  • Ouro: 0


  • Prata: 1


  • Bronze: 0


  • Total: 1


Ano novo, site novo, 'parada' nova. Iniciando o 2021 do Surto Olímpico com a esperança de que finalmente as Olimpíadas de Tóquio sejam realizadas, o Surto preparou novidades no nosso queridinho.
Sejam bem-vindos (novamente) a Parada das Nações!




  • Dados Gerais




  • Extensão territorial: 346,4 km²


  • População: 106.405


  • Capital: Charlotte Amalli


  • PIB: US$ 4,58 bilhões (R$ 24,39 bilhões)


  • IDH: 0,869 (muito alto)


  • Moeda Oficial: Dólar Americano


  • Idioma Oficial: Inglês


  • Continente: América


  • Declaração de Independência: Pertencente aos EUA


  • Presidente: Donald Trump


  • Código do COI: ISV




  • Introdução


As Ilhas Virgens Americanas são um território não organizado pertencente aos Estados Unidos. O arquipélago foi descoberto por Cristóvão Colombo em 1493 e recebeu o nome de Santa Úrsula e as 11 mil Virgens, encurtado mais tarde para Ilhas Virgens.


Depois de ser colonizada pela Espanha em 1555, duas das três ilhas foram ocupadas pela Dinamarca em 1672 e 1694, sendo que a última foi comprada pelo país nórdico.


Em 1917, as ilhas foram vendidas para os Estados Unidos, uma vez que os dinamarqueses já não conseguiam mais obter lucros com a colônia, e pertencem à terra do Tio Sam até os dias atuais.


A região das Ilhas Virgens é constantemente atingida por furacões. Os mais devastadores foram o Hugo (1989), o Marilyn (1995) e o Irma (2017), que causaram prejuízos bilionários e inúmeras mortes.


Peter Holmberg (esq), único medalhista olímpico das Ilhas Virgens Britânicas - Foto: Kai Forsterling/EPA




  • História e histórico


O Comitê Olímpico das Ilhas Virgens dos Estados Unidos foi fundado em 1966 e reconhecido pelo COI em 1967, permitindo a primeira participação da nação em Jogos Olímpicos na Cidade do México, em 1968. Desde então, esteve presente em todos as edições olímpicas, exceto em 1980, quando participou do boicote liderado pelos Estados Unidos.


No México, seis atletas representaram as Ilhas, todos do sexo masculino, mas nenhum conseguiu ficar entre o top-10 nas suas disputas. Foi somente em Montreal-1976 que o país enviou as primeiras mulheres em sua delegação olímpica. Nesta edição, estiveram presentes Rita Hendricks, no atletismo, e Shelley Cramer, na natação. Ambas não avançaram em suas respectivas provas.


A única medalha virginense em Jogos Olímpicos veio em Seul-1988, com o iatista virginense Peter Holmberg ficando com a medalha de prata na classe Finn. Ele somou 40.4 perdidos, ficando a apenas 2.3 pontos do campeão olímpico, o espanhol José Luis Doreste. Curiosamente, o pai do velejador brasileiro Jorge Zarif, Jorge Zarif Neto, participou desta prova, terminando apenas na 19ª colocação.


+ Vela


A vela é o esporte mais forte das Ilhas Virgens Americanas. Além da única medalha olímpica do país ter sido conquistada na modalidade, das nove medalhas dos virginenses em Jogos Pan-Americanos, duas foram nas águas. Holmberg também foi prata no Pan em 1995, desta vez na classe J-24.


Foto: Reprodução




  • Destaque





Eduardo Garcia (Atletismo): O maratonista, de 28 anos, detém o recorde nacional das Ilhas Virgens, obtido na Maratona de Houston, e ficou na 12ª colocação nos Jogos Pan-Americanos de 2019. Em 2020, disputou apenas provas mais curtas (5.000m, 10.000m e meia-maratona).











  • Outras Publicações



Parada das Nações – Islândia




Parada das Nações – Islândia


Mateus Nagime


Parada das Nações – Grécia




Parada das Nações – Grécia


Danilo Goes

Logo White Small
White-Medium

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem