W3Schools
Afonso volta ao Friburguense para a disputa da Fase Preliminar — Foto: Igor Cruz

Com problemas financeiros, o Friburguense se reapresentou nesta segunda-feira (28) com poucas novidades.

O time que vai jogar a Fase Preliminar do Carioca 2021 tem um orçamento modesto se comparado aos adversários. Segundo o diretor de futebol, José Eduardo Siqueira, a Covid-19 e a falta de contrato de TV são os maiores culpados.

"A gente vem atravessando uma caminhada difícil. É ter os pés no chão", disse o dirigente. A previsão inicial é de que a folha de pagamento não passe de R$ 70 mil, o que "é muito pra quem não tem nada" completou Siqueira.

A falta de dinheiro fez com que segundo o dirigente, o clube perdesse jogadores que já estavam praticamente acertados.

"Como a gente está em uma realidade diferente e aí isso acontece, lamentou. Um dos exemplos seria o atacante Sibito, que após receber uma proposta melhor, desistiu do Frizão."

Entre os jogadores que se apresentaram para primeiramente fazer testes de Covid-19, estão o goleiro Afonso, os laterais Wallace e Ricardinho, o meia Jorge Luiz, entre outros.

A diretoria ainda tenta trazer de volta o atacante japonês Toshia, atualmente na Portuguesa.Mais uma vez, Cadão será o técnico.

Já no time das caras novas, tem o zagueiro Lucas Marreta, destaque do Gonçalense na Série B1 e o volante Calebe, ex-Flamengo e Nova Iguaçu. Ainda estão na lista os meias André (ex-Goytacaz) e Luis Fernando, vindo do Itumbiara-GO.

A diretoria ainda corre atrás de dois atacantes. A estreia do Friburguense será no dia 16 de janeiro, quando enfrenta o Nova Iguaçu, no Laranjão.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem