W3Schools

Uma operação do Ministério Púbico do Rio cumpriu quatro mandados de busca e apreensão nesta sexta-feira (18) contra policiais militares lotados no 10º batalhão de Barra do Piraí, no Sul do Rio de Janeiro, denunciados por corrupção.

A ação foi coordenada pelo Gaeco, com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência e da Corregedoria Geral da Polícia Militar.

Os policiais e outros três agentes civis foram denunciados a partir de provas obtidas na operação “Desvio de Rota” realizada contra uma organização criminosa especializada na venda e transporte irregular de combustíveis.

De acordo com as investigações, os policiais militares abordaram um caminhão carregado de combustíveis e constataram irregularidades na nota fiscal da mercadoria.

Segundo o MP, quem estava no veículo eram os policiais civis - que já foram alvo de mandados de busca e apreensão durante a operação.

Os três agentes ofereceram uma quantia em dinheiro aos quatro PM´s para evitar a prisão e a apreensão da carga irregular de etanol. Eles negociaram e chegaram ao valor de R$ 5 mil.

Os policiais que aceitaram o dinheiro foram denunciados por corrupção passiva. A Justiça de Piraí decretou que eles fossem afastados do exercício da função. Já os policiais civis vão responder por corrupção ativa.

Em nota, a Polícia Militar informou que a Corregedoria Geral da corporação atuou em apoio à operação do MP e que cinco telefones celulares foram apreendidos.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem