W3Schools

Agentes da 107ª Delegacia de Polícia, em ação conjunta com a Polícia Militar, cumpriram nesta quinta-feira (03) nove mandados de prisão expedidos em decorrência de duas investigações da delegacia.

Os alvos são integrantes de grupos criminosos dedicados à prática do tráfico de drogas nos bairros Grama e Caminho de Dentro, no município de Paraíba do Sul.

A investigação no bairro Grama tem como foco o Morro da Alegria e é um desdobramento de uma grande apreensão de entorpecentes ocorrida na localidade no dia 31 de outubro, quando os policiais civis e militares encontraram 2.443 pinos de cocaína.

Na ocasião, três pessoas foram presas, entre elas um homem que veio do estado do Amazonas recrutado por uma facção criminosa para gerenciar o tráfico no interior do estado do Rio de Janeiro.

A partir dessa apreensão, os investigadores identificaram outros envolvidos com a comercialização de entorpecentes no bairro, liderada por um criminoso que já estava preso e coordenava as atividades ilícitas de dentro da prisão.


Segundo apurado, esse grupo vendia entorpecentes aos frequentadores de um campeonato de futebol que ocorria sem autorização da Prefeitura em uma quadra pública do bairro.

No bairro Caminho de Dentro, o foco da investigação é o Morro do Trator e ocorre como um desdobramento de um episódio ocorrido no dia 26 de setembro de 2020, quando policiais desenterram na localidade 276 pinos de cocaína e cerca de 1kg de maconha.

Os policiais da 107ª DP passaram a investigar a origem do material e identificaram o gerente e o chefe do tráfico na localidade. Os dois tiveram as prisões decretadas pela Justiça.

Foto: Tiago Tavares/TV Rio Sul


Os investigadores constataram que o chefe do grupo estava preso até agosto, quando teve o direito a uma Visita Periódica ao Lar (VPL) no dia dos pais e, em função da pandemia de Covid-19, o benefício foi estendido até dezembro.

Aproveitando a sua soltura, o homem retornou ao Comando do tráfico no bairro. Um dos objetivos da operação desta quinta-feira é manter o baixíssimo índice de letalidade em Paraíba do Sul, onde ocorreu um único homicídio em 2020, caso que foi elucidado em 24 horas.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem