W3Schools

O candidato a vereador Valmir Tenório, conhecido como Valmir "Filho do Bibi", do PT, foi assassinado a tiros na tarde desta quarta-feira (4) em Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. O crime aconteceu no bairro Parque da Mangueira, onde ele morava com a família.

Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, Valmir foi atingido na cabeça. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Hugo Miranda, mas não resistiu e morreu durante o atendimento. O corpo será levado para o Instituto Médico Legal de Angra dos Reis.

Uma equipe de perícia da Polícia Civil foi ao local para tentar levantar informações que possam ajudar nas investigações. Os policiais estão ouvindo depoimento de testemunhas e familiares. Também estão procurando possíveis imagens de câmeras de segurança.

Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido identificado. Procurado pelo G1, o delegado Marcelo Russo disse que ainda é cedo para falar sobre a motivação do crime.

Gostaria de pedir que quem tiver qualquer tipo de informação sobre esse homicídio, por favor, nos tragam a informação. O anonimato será garantido. Nós estamos aguardando aqui na 167ª DP de Paraty todo tipo de comunicação. Pode também utilizar o Disque Denúncia. Qualquer elemento que possa nos ajudar a identificar o autor é de suma importância neste momento, pediu o delegado.

Valmir tinha 50 anos e trabalhava como barman. Ele nasceu em Paraty e viveu desde sempre no bairro Parque da Mangueira. Era casado e pai de três filhos. Valmir tentava pela segunda vez se eleger vereador de Paraty — a outra foi nas eleições de 2004, sem sucesso.

O PT divulgou uma nota lamentando "profundamente a morte violenta" de Valmir Tenório. Também em nota, a coligação "Trabalhando o Futuro de Paraty" lamentou profundamente a morte do candidato e classificou o crime como "covarde".

"A violência nas eleições municipais é um problema que ameaça a democracia em todo o país e agora atinge, mais uma vez, Paraty. A coligação cobrará da polícia uma apuração rigorosa dos fatos e um reforço no policiamento em Paraty até o dia 15 de novembro", informou o comunicado.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem