W3Schools

Mais seis vítimas prestaram depoimento após a prisão do suspeito de estuprar uma criança de 12 anos em Valença, no Sul do Rio de Janeiro. Elas foram ouvidas pelo delegado titular Carlos César na tarde desta quarta-feira (16).

O delegado informou que as vítimas se "sentiram seguras com a prisão do assediador". Segundo a Polícia Civil, as jovens, que têm entre 16 e 20 anos, foram até a delegacia registrar um boletim de ocorrência sobre o assédio que sofreram pelo homem, de 29.

Ainda de acordo com os agentes, até a publicação desta reportagem, oito jovens tinham ido até a delegacia denunciar o criminoso. Além das vítimas de Valença, o homem também assediou moradoras de Juiz de Fora (MG), outras cidades da região e uma do México.

O criminoso foi preso na manhã desta quarta-feira, no bairro Aparecida, após a polícia identificar uma jovem que disse ter sido estuprada por ele quando tinha 12 anos, em 2013.

Ele foi transferido nesta tarde para o presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio, e vai responder por estupro de vulnerável.

Seguidores em troca de conteúdo sexual


A Polícia Civil recebeu informações de que várias vítimas relataram nas redes sociais sobre os assédios que sofriam do homem. Todas usaram uma hashtag, que viralizou e ficou entre os assuntos mais comentados na internet.

Segundo os relatos, ele oferecia divulgação e seguidores para jovens e adolescentes em troca de fotos e vídeos de teor sexual.

Após investigações, os policiais identificaram uma das vítimas. Ela foi até a delegacia e prestou depoimento. O delegado então solicitou um mandado de prisão, que foi expedido pela Justiça e cumprido nesta quarta.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem