W3Schools

O Portal dos Procurados divulga nesta quarta-feira, dia 29/07, cartaz para ajudar a 108ª Delegacia de Políci, em Três Rios, com informações que possam localizar e auxiliar na prisão do criminoso Alex Sandro Moraes da Costa, o Toco ou Lequinho, de 30 anos.

Ele é acusado de roubar uma viatura descaracterizada, do 38º BPM – Três Rios -, e também uma pistola, um fuzil e um colete, além de ser acusado em dois inquéritos sobre homicídios e tráfico de drogas e um de roubo majorado. Ele já é considerado foragido da Justiça.

O roubo aconteceu no dia 20 de abril de 2019, quando duas armas de fogo pertencentes à Polícia Militar foram roubadas de dois policiais militares, após os agentes visualizaram um táxi vazio entrando em um motel.

Os policiais esperaram o veículo sair para abordar os ocupantes, pois anteriormente já havia sido apurado que criminosos de região estavam usando motéis para dormir.

O táxi foi seguido até a Rua Isaltino Silveira (Rua da Santa Matilde), em Três Rios, e quando este passou em um quebra-molas, os policiais desembarcam para abordá-lo, mas o veículo acelerou.

Um dos policiais retornou mais rápido para viatura e conseguiu alcançar e fechar o táxi, dando ordem para que os ocupantes desembarcassem. Nesse momento os passageiros desembarcaram, sendo eles apenas um casal que aparentavam ser da zona rural.

Instantes depois, o passageiro (Toco) repentinamente sacou uma arma da cintura e apontou para um dos policiais, e em seguida tomou sua pistola e fugiu sozinho na viatura descaracteriza.

A viatura foi encontrada dois quilômetros à frente, batida em uma árvore, nas proximidades do Fórum do município de Três Rios.

Imediatamente após o fato, iniciou-se uma grande operação, objetivando a recuperação do material bem como a prisão do Alex Sandro.

As operações policiais contaram com o apoio do 7º Comando de Policiamento de Área, por meio dos 11º, 26º e 30º Batalhões da Polícia Militar, e também por meio de policiais da 107ª e 108º Delegacias de Polícia Judiciária e da Polícia Rodoviária Federal.

No dia seguinte ao roubo, Leandro de Mendonça Resende, o “Baiano”, e integrante da mesma quadrilha de Toco, foi preso na localidade Jaqueira, juntamente com 01 (uma) granada, 01 (um) rádio transmissor e 01 (uma) roupa camuflada do tipo caçador. Baiano possuía um Mandado de Prisão pela prática do crime de homicídio.

Ainda no dia 21, após diligências em diversas localidades, policiais do Serviço Reservado do 38º BPM, conseguiram recuperar todo o armamento roubado, sendo 01 (um) fuzil calibre 5.56 e 01 (uma) pistola calibre .40, e suas respectivas munições intactas.
Na quarta (22), foi preso Bruno Cabral da Cruz, o “Téo”, irmão de “Toco”, e que também possuía Mandado de Prisão em seu desfavor pelas práticas dos crimes de homicídio e associação para fins de tráfico de drogas ilícitas.
Toco ainda é acusado de ter praticado outros crime como o ocorrido no dia (28/08/2019) no Bar da Maria Bonita, localizado na Rua Pedro Assis do Amaral, Vila Isabel, em Três Rios, quando criminosos encapuzados chegaram à pé e, efetuaram diversos disparos de arma de fogo, vindo a atingir fatalmente 4 pessoas e lesionar outras duas.

Conforme apurado em outro processo na Justiça, os criminosos, entre eles “Toco” e seu irmão Téo, já preso, são integrantes de facção criminosa rival as de suas vítimas, ligada também ao tráfico de drogas na cidade.

Eles seriam protagonistas de assassinatos recentes na cidade de Três Rios que vem gerando intranquilidade a população local, desde a morte de Genivaldo Resende da Cruz, o Valdo, pai de Toco e Téo, que também era ligado ao tráfico de drogas.

Todas as denúncias sigilosas sobre o caso serão encaminhadas para 108ª DP que está encarregada do caso e do inquérito criminal. Quem tiver informação pode entrar em contato o Disque Denúcia, com anonimato garantido:

Mesa de Atendimento: (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177
WhatsApp Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
Aplicativo do Disque-Denúncia: Android ou IOS

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem